Alunos da Unicamp deixarão a reitoria na segunda-feira

Por Carolina Santos
Estudantes ocupam prédio da reitoria | Reprodução TV Estudantes ocupam prédio da reitoria | Reprodução TV

Os estudantes que ocupam a reitoria da Unicamp decidiram, em assembleia na tarde desta quarta-feira, desocupar o prédio na próxima segunda-feira, ao meio-dia. A intenção, segundo os alunos, é entregar o local limpo e organizado, por isso o prazo de quatro dias.

O grupo ocupa a sede da reitoria desde o último dia 3, em protesto à decisão da universidade de acatar a decisão do governador Geraldo Alckmin de inserir policiais militares nos campi da instituição, na tentativa de elevar o patrulhamento, até então feito por seguranças particulares. A medida foi sugerida pelo tucano após um aluno morrer após uma briga numa festa dentro da instituição.

Em ata da última reunião entre estudantes e representantes da Unicamp, a reitoria recuou da proposta de apresentar um convênio com a Polícia Militar para atuação nos campi da universidade. O relatório final do encontro diz, em um dos tópicos, que a reitoria “não recorrerá à PM para rondas ostensivas, revistas pessoais, intervenções no movimento sindical e estudantil, ou qualquer monitoramento dos Campi”.

Por sua vez, o Diretório Central dos Estudantes se comprometeu a arcar com todos os custos referentes aos reparos de danos causados no local. Estudantes e universidade farão uma vistoria no prédio após a desocupação.

Loading...
Revisa el siguiente artículo