MP-SP denuncia ex-prefeito e mais 29 por corrupção em Limeira

Por Tercio Braga

O Ministério Público de São Paulo denunciou 30 pessoas por suspeita de envolvimento em casos de corrupção na prefeitura de Limeira. Os crimes teriam sido cometidos durante a administração de Silvio Félix, do PDT, cassado no ano passado, segundo informações da Rádio Bandeirantes.

A investigação apurou que, nas duas gestões dele, o político e parentes compraram imóveis com valor total superior a R$ 22 milhões. O montante era incompatível com os rendimentos da família e duas microempresas que ela administrava.

Félix, a esposa, dois filhos do casal e três irmãos da ex-primeira-dama de Limeira vão responder por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. O contador da família e um assessor também foram denunciados pelos mesmos delitos.

O ex-prefeito vai responder ainda por fraude envolvendo um contrato de R$ 63 milhões para o fornecimento de merenda escolar ao município. O ex-secretário de Educação na administração de Félix, três representantes da empresa que ganhou a concorrência e quatro servidores públicos também são acusados.

O promotor que coordenou os trabalhos, Luiz Alberto Bevilacqua, afirma que Silvio Félix teve relação direta com os crimes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo