Menina de 11 anos é abusada em sala de aula em São Paulo

Por Tercio Braga

A mãe de uma menina de 11 anos denunciou a escola em que a filha estuda, na Freguesia do Ó, na zona norte de São Paulo. Segundo ela, a garota foi abusada sexualmente dentro da sala de aula.

Os autores do abuso seriam os próprios colegas de turma, cinco meninos e duas meninas, com idades entre 11 e 15 anos. Cerca de 35 alunos estavam na sala de aula na hora em que a menina foi abusada. A professora dava aula de matemática, mas disse que não viu e nem escutou nada.

A menina, então, avisou a professora. Os alunos envolvidos, inclusive a garota que teria sofrido o abuso, foram parar na sala da diretoria. A mãe da vítima afirmou que a filha chegou a sofrer ameaças de uma das colegas de classe que teria participado do ato.

O caso foi parar na delegacia, onde foi registrado como ato infracional, e encaminhado para a Vara da Infância e Juventude. A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar uma possível omissão da professora.

A menina, que cursa a 5ª série do Ensino Fundamental, está traumatizada e não vai para a escola há uma semana, período em que tudo aconteceu. A mãe da criança procurou o Conselho Tutelar. Mas, segundo ela, nada foi feito.

Em nota, a direção da Escola Municipal Plínio Ayrosa disse que abriu uma apuração preliminar e colocou-se à disposição da Justiça para ajudar a esclarecer os fatos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo