Justiça concede reintegração de posse da Reitoria à Unicamp

Por Carolina Santos

O juiz Wagner Roby Gídaro, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Campinas, no interior de São Paulo, expediu na tarde desta sexta-feira um mandado de reintegração de posse do prédio da Reitoria da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O prédio está ocupado por alunos desde a noite de quinta-feira (3). A informação foi confirmada pela própria universidade. A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou a concessão do mandado.

Nesta sexta-feira pela manhã , a reitoria da universidade pediu à Justiça a reintegração de posse do prédio, alegando que não foi possível estabelecer um diálogo com os estudantes. De acordo com o juiz, a universidade precisa retomar suas atividades e, por isso, determinou a imediata retirada das pessoas que ocupam o prédio. No entanto, Gídaro disse que a ação deve ser antes precedida de uma tentativa de consenso e que essa tentativa só será substituída por força física em última instância.

Com isso, a Reitoria da Unicamp decidiu tentar primeiro negociar uma saída pacífica dos alunos. Segundo nota da instituição, divulgada na tarde desta sexta-feira, foi criada uma comissão que vai tentar dialogar com os manifestantes, pedindo a desocupação pacífica do local.

Os estudantes, que ocupam o prédio da reitoria desde as 20h40 de quinta-feira, reivindicam a retirada da Polícia Militar (PM) do campus. A reitoria da universidade autorizou a entrada da PM para fazer o patrulhamento no local. No mês passado, um estudante foi morto a facadas em uma festa ocorrida na Unicamp.

Loading...
Revisa el siguiente artículo