Polícia ouve testemunhas de estudante morto na Unicamp

Por Carolina Santos

A polícia de Campinas intensificará a partir desta segunda, dia 23, as investigações sobre a morte do estudante Denis Papa Casagrande, em uma festa na Unicamp. O delegado Rui Pegôlo deve ouvir familiares da vítima e testemunhas do crime. O jovem Anderson Mamede, suspeito de participação na briga, também deve prestar esclarecimentos.

 

A confusão ocorreu por volta das 3h30 da madrugada deste sábado, dia 21, na praça do Ciclo Básico da universidade. Segundo testemunhas, Denis Casagrande foi esfaqueado quatro vezes em uma festa dentro do campus. O suspeito do crime também foi ferido e está internado sob escolta policial.

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado às 3h35 para o socorro. A caminho do Hospital de Clínicas da Unicamp, a vítima não resistiu aos ferimentos.

 

O corpo de Denis Papa Casagrande foi sepultado às 11h deste domingo, dia 11, no Cemitério Parque da Ressureição, em Piracicaba (SP), cidade onde mora sua família.

 

A Unicamp publicou nota informando que vai apurar as circunstâncias da briga e identificar os responsáveis pela festa, que não estava autorizada pela universidade.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo