Polícia busca autores de chacina em Itapevi

Por Carolina Santos
Jefferson Nascimento, único sobrevivente | Cid Barboza/Sigmapress/Folhapress Jefferson Nascimento, único sobrevivente | Cid Barboza/Sigmapress/Folhapress

A Polícia Civil ainda não encontrou os autores da chacina que matou seis homens por volta das 22h de anteontem, em Itapevi.

O crime aconteceu próximo da estação Engenheiro Cardoso da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Segundo a PM (Polícia Militar), o local é frequentado por usuários de drogas.

As seis pessoas foram encontradas mortas, atingidas por tiros na cabeça e no tórax. O único sobrevivente, Jefferson Nascimento, de 24 anos, levou um tiro na perna. Ele foi levado pelo Samu a um hospital da cidade e recebeu alta ontem de manhã.

Nascimento, que já havia sido internado na Fundação Casa por tráfico de drogas, afirmou à polícia que foi ao local para usar drogas.

Ele disse que, assim que ouviu os disparos, começou a correr e só percebeu que foi atingido depois. Jefferson afirmou não ter visto quem efetuou os disparos.

No local, foram encontradas cápsulas de pistolas calibres 380 e 9 mm. Imagens de câmeras de segurança da região foram solicitadas pela Polícia Civil. Os familiares das vítimas, ainda não localizados, deverão ser ouvidos durante as investigações.

Esta foi a 15a chacina do ano na Grande São Paulo, segundo levantamento do Demacro (Departamento de Polícia Jurídica da Macro São Paulo).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo