Família: perícia investiga gás em apartamento

Por george.ferreira

Peritos do núcleo de engenharia do IC (Instituto de Criminalística) fazem, na manhã desta sexta-feira, uma perícia no apartamento em que foi encontrada uma família morta em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Os trabalhos são feitas desde 8h30 desta sexta-feira.

Análises anteriores já verificaram irregularidades no sistema de gás encanado da residência. Os peritos querem descobrir se há relação com a morte de cinco pessoas da mesma família. Há cerca de um mês, um homem morreu no mesmo apartamento também em condições misteriosas.

O trabalho da perícia deve terminar no final da manhã desta sexta-feira.

A polícia também segue outra linha de investigação: envenenamento. Um boliviano de 33 anos é tido como o principal suspeito de ter matado a família. O homem foi preso na terça-feira, mas nega as acusações. Entre os mortos, estão a namorada, com quem estava havia oito anos, além dos quatro filhos da vítima, de 17, 13, 11 e 9 anos.

Segundo a polícia, a suspeita é que as vítimas tenham sido envenenadas. No domingo, o homem fez um lanche com a família. Ele comprou suco e bolo em um supermercado e levou ao apartamento. O boliviano, de acordo com informações preliminares da polícia, foi o único que não consumiu os alimentos, que foram levados para perícia.

Foi o boliviano quem alertou os policiais sobre as mortes. Ele acionou a polícia dizendo que ligava para o celular da companheira e ela não atendia.

O caso começou a ser analisado pela seccional de Mogi das Cruzes, mas foi encaminhado ao DHPP (Departamento de Homícidios e Proteção à Pessoa).

Agressões

Segundo a polícia, a mulher já havia registrado três BOs (boletins de ocorrência) por agressões cometidas pelo boliviano. Elas aconteceram em 2008, 2009 e março deste ano.

O suspeito, que aparentava estar embriagado, confirmou as agressões, apesar de não ter conhecimento dos BOs.

Laudo

A polícia só deve terminar as investigações quando tiver o laudo necroscópico e toxicológico informando qual foi a causa das mortes.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo