Prefeitura quer criar parque e ciclovia na marginal Tietê

Por fabiosaraiva
Haddad ganha skate durante a divulgação da Virada Esportiva | Divulgação Haddad ganha skate durante a divulgação da Virada Esportiva | Divulgação

O prefeito Fernando Haddad (PT)  apresentou nesta terça-feira, durante audiência pública no Memorial da América Latina, as propostas de 17 consórcios, nacionais e estrangeiros, para o projeto de urbanização do Arco do Tietê. A previsão é de que sejam investidos até R$ 20 bilhões nas intervenções.

Entre as propostas apresentadas está o enterramento da malha ferroviária entre as rodovias Anhanguera e presidente Dutra, cortando os bairros de Vila Maria, Vila Guilherme, Santana, Tucuruvi, Casa Verde, Cachoeirinha, Freguesia do Ó, Brasilândia, Pirituba, Lapa, Sé e Mooca. A área é ocupada por 422 mil pessoas, cerca de 5% da população da capital.

A medida abriria espaço para a construção de passarelas sobre a marginal Tietê, ciclovias e um parque linear, que alagaria durante o período das chuvas, formando uma piscina.

As propostas apresentadas ainda incluem travessias exclusivas para pedestres, o enterramento de pistas da marginal e até um boulevar, que abrigaria lojas, cafés e livrarias.

Após a apresentação dos projetos, os consórcios interessados terão seis meses  para divulgar os estudos de viabilidade urbana, econômica, ambiental e jurídica.

Segundo a prefeitura, a área total do chamado Arco do Tietê é de 6 mil hectares, o que corresponde à ilha de Manhattan, nos EUA, ou a 8.500 campos de futebol.

Com a urbanização da região, a administração Haddad acredita que será possível aproximar moradias de postos de trabalho.

 

Virada Esportiva terá 2.500 atividades   

A prefeitura divulgou também nesta terça-feira a programação da Virada Esportiva, que ocorrerá entre os dias 21 e 22 de setembro. No total, serão 2.500 atividades, divididas entre as 31 subprefeituras.

Uma das atrações deste ano será o Skate Run, uma corrida de skate de 8 quilômetros, que sairá da praça Charles Miller, no Pacaembu, e terminará no Memorial da América Latina, na Barra Funda. Os participantes irão utilizar um chip nos tênis, que permitirá acompanhar a localização dos skatistas.

No parque Ibirapuera, que funcionária 24h, serão realizados um passeio noturno de patins e o Move Brasil, que irá promover diferentes tipos de esportes radicais. Outros parques funcionarão durante a madrugada.

A região central da capital receberá a Arena Radical,  espaço com tirolesa, rapel, alpinismo, bungee trampolim, full pipe, surfe mecânico, simuladores de queda livre e anti-gravidade e basquete.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo