Caso Nardoni: Novo laudo não anula condenação

Por Carolina Santos

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) rejeitou anteontem pedido da defesa de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá para anular a condenação deles por conta de um novo laudo pericial.

A defesa alegou que era necessário juntar uma nova prova ao processo, um laudo pericial. A inclusão da prova poderia levar a um novo julgamento.

O novo laudo mostra que a marca no pescoço da menina não era de mãos. O estudo foi feito pelo diretor do Instituto de Engenharia Biomédica da Universidade George Washington, James Hahn, a pedido da defesa.

Os ministros do STJ entenderam que não cabe ao tribunal discutir novamente as provas de um processo que já foi julgado.

O casal foi condenado por homicídio triplamente qualificado, em 2010, por asfixiar e jogar da janela Isabella Nardoni, de 5 anos, em 2008. Alexandre cumpre pena de 30 anos e Anna Carolina, de 26 anos.

Loading...
Revisa el siguiente artículo