Ato nacional reúne 1.500 manifestantes em SP

Por george.ferreira
Manifestação em frente ao Palácio dos Bandeirantes nesta quarta-feira / Band Manifestação em frente ao Palácio dos Bandeirantes | Band

Um protesto nacional organizado pelo Fórum Regional de Reforma Urbana reúne grupos de manifestantes em diferentes pontos de São Paulo nesta quarta-feira. O ato reivindica mudanças na gestão do transporte público, moradia, trabalho, educação e cultura. Parte dos manifestantes segue para o Palácio dos Bandeirantes. O restante irá até a sede da prefeitura de São Paulo.

Um grupo de aproximadamente 1.500 pessoas, bloqueia totalmente a Avenida Morumbi, em ambos os sentidos, entre a Avenida Padre Lebrete a Praça do Crepúsculo. Os dois sentidos da Avenida Engenheiro Oscar Americano também foram interditados pelos manifestantes. Mais cedo, eles bloquearam a Avenida Faria Lima, no sentido Morumbi, e o acesso à ponte Cidade Jardim, segundo a BandNews FM.

A Avenida Morumbi, sentido Ponte do Morumbi, está com trânsito complicado da Praça Maria Silvia Dória até a altura da Praça do Crepúsculo. O trânsito está prejudicado desde a Rua Engenheiro Oscar Americano, na altura do Hospital São Luiz.

Outro grupo de aproximadamente 500 pessoas ocupa a Rua Boa Vista, em frente ao Pátio do Colégio. A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) acompanha os grupos para monitorar o trânsito nas regiões afetadas.

Mais cedo, o governador Geraldo Alckmin recebeu representantes de quatro movimentos de luta por moradia no Palácio dos Bandeirantes.

De acordo com representantes do Fórum Regional de Reforma Urbana e da Frente de Luta por Moradia, foram discutidas a retomada do programa de autogestão e estímulo ao programa Minha Casa Minha Vida no Estado de São Paulo.

O protesto também acontece, simultaneamente em Belém, Manaus, Recife, Porto Alegre e Curitiba.

Loading...
Revisa el siguiente artículo