Protestos: Choque terá só um atirador de borracha

Por Carolina Santos

O novo comandante do Choque da Polícia Militar de São Paulo, coronel Carlos Celso Savioli, afirmou ontem que os pelotões que atuam em protestos terão apenas um atirador com munição de borracha, que será treinado e só fará disparo mediante ordem.

Ele assumiu o cargo após críticas de supostos excessos durante as manifestações em junho e julho, que causaram a saída do ex-comandante do Choque César Morelli. Em entrevista ao portal G1, Savioli disse que não há necessidade de mais atiradores para controlar as manifestações e evitar atos de vandalismo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo