Polícia encontrou o bebê desaparecido em Santa Bárbara

Por Tercio Braga
O bebê foi encontrado pela GM em Americana com uma mulher que diz ser a mãe da criança | Reprodução/Band O bebê foi encontrado pela GM em Americana com uma mulher que diz ser a mãe da criança | Reprodução/Band

A polícia encontrou nesta quinta-feira, por volta das 17h, o bebê Gabriel, de 24 dias, que foi roubado da mãe na noite de terça-feira dentro de um shopping de Santa Bárbara d´Oeste, no interior de São Paulo. O bebê estava em uma casa no centro da cidade. Segundo a polícia, no local funcionava uma casa de tarô.

Na casa, além da criança e da principal suspeita de tê-la sequestrado, estavam outras seis pessoas, de acordo com a Delegacia de Defesa da Mulher de Santa Bárbara, que investiga o caso. A mãe do menino e a avó paterna, Solange Barbosa, foram chamadas para pegá-lo na delegacia.

Além da suspeita de roubar a criança, outras três pessoas foram detidas e três foram liberadas após serem ouvidas pela delegada Olivia dos Santos Fonseca.

A polícia encontrou Gabriel depois de receber uma denúncia de taxistas. Um deles disse que já tinha prestado serviços para a suspeita e a reconheceu ao ver as imagens das câmeras de segurança do shopping na TV.

A mãe dele, de 15 anos, teria sido drogada pela suspeita, que havia se aproximado dela durante a gravidez afirmando trabalhar em uma ONG (Organização não governamental) que auxiliava gestantes. O nome da mulher presa sob acusação de sequestrar o bebê ainda não foi divulgado pela polícia.

A delegada agora vai apurar se ela agiu sozinha. A polícia recebeu informações de que a suspeita chegou a manter conversas com pessoas em outro idioma, o que pode indicar que a criança poderia estar sendo negociada por uma quadrilha de tráfico internacional.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo