Audiência da CPI dos Ônibus termina em briga no Rio de Janeiro

Por fabiosaraiva
Manifestantes ocuparam a Câmara do Rio | Mônica Puga/Band Manifestantes ocuparam a Câmara do Rio | Mônica Puga/Band

A primeira audiência oficial da CPI dos Ônibus, na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, foi marcada por bastante tumulto. O evento era aberto ao público, e senhas foram distribuídas aos que queriam assistir.

 

Muitos manifestantes entraram na fila e conseguiram senhas. Dentro do plenário, começou o caos.

 

O lugar virou um campo de batalha. De um lado da galeria, manifestantes contrários à CPI, e no outro lado, partidários do presidente da Comissão.

 

A confusão não demorou a acontecer. Os partidários de Chiquinho Brazão, vereador do PMDB que está presidindo a CPI, chamados pelos manifestantes de milicianos, expulsaram da galeria os que não eram favoráveis à Comissão. Do outro lado, os jovens contrários à instauração da CPI partiram para o ataque. Um sapato foi lançado em direção aos vereadores, e por pouco um parlamentar não foi atingido.

 

Mesmo nesse clima, o secretário municipal de Transportes tentava responder as perguntas dos vereadores, mas era impossível ouvir qualquer coisa. Ainda assim, ele saiu satisfeito.

 

Do lado de fora, um novo confronto. Ovos foram jogados nos parlamentares, e, quando o grupo favorável ao vereador Chiquinho Brazão saiu, foi perseguido pelos manifestantes, gerando mais violência. Um jovem foi agredido por um dos homens que seria partidário do presidente da cpi. Acuados, os supostos milicianos se esconderam dentro do prédio, e houve quebra-quebra.

Do outro lado da Câmara, estavam os partidários da CPI

A polícia acompanhou todo o confronto, mas só agiu no final. Durante a confusão, um repórter cinematográfico da Band também foi agredido. Manifestantes e partidários do presidente da CPI foram levados para a delegacia. Mesmo nesse clima de guerra, pelo menos mais três audiências da CPI dos Ônibus já estão marcadas.

A CPI foi criada para investigar a implantação, fiscalização e operação dos serviços de ônibus urbanos da cidade do Rio de Janeiro.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo