Prefeitura de São Paulo apresenta versão final do Programa de Metas

Por fabiosaraiva
Haddad apresentou a versão final do Programa de Metas 2013-2016 / Antonio Cruz/ABr A Prefeitura de SP divulgou o Programa de Metas 2013-2016 / Antonio Cruz/ABr

A Prefeitura de São Paulo apresentou a versão final do Programa de Metas 2013-2016 em audiência na Câmara Municipal nesta sexta-feira (16). O Plano original tinha 100 metas, mas a versão final ficou com 123 itens, divididos em 20 objetivos e três eixos temáticos.

Entre as metas que ficaram de fora estão a construção de obras de apoio viário na marginal Tietê e a ampliação da Operação Delegada, que previa a presença de mais PMs em áreas com altos índices de violência.

Para acessar a íntegra do documento, clique aqui.

Segundo a prefeitura, as obras da marginal Tietê ainda estão em avaliação, mas sua viabilidade depende de recursos vindos da aprovação da Operação Urbana Mooca/Vila Carioca, da revisão da Operação Urbana Água Branca e da intervenção urbana Arco Tietê.

Segundo a prefeitura, o novo documento é fruto de um processo participativo feito a partir de 35 audiências públicas nas subprefeituras e na Câmara. Ao todo, foram recebidas quase 9 mil sugestões da população.

Leda Paulani, secretária municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, afirmou que idosos, gestantes, deficientes, entre outros grupos, passaram a ter metas muito definidas e com políticas muito mais precisas.

Entre as novas metas estão a construção de 30 CAPs (Centros de Atenção Psicossocial), cinco deles relacionados a moradores de rua e cinco para os idosos.

Há ainda metas sobre segurança alimentar, juventude, migrantes, entre outras.

Das metas apresentadas anteriormente, foram agrupados os itens de construção e a criação de vagas de educação infantil em CEUs; as de reforma e ampliação de Pronto-Socorros e AMAs e a construção de novas UPAs.

Esta foi a primeira audiência para apresentação do programa. Novas reuniões serão realizadas nas subprefeituras nos dias 24 e 31 de agosto para a apresentação das devolutivas das propostas enviadas nas regiões, explicando como ficará o plano em cada parte da cidade, além de discutir a prioridade do que foi aprovado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo