Cachorros são achados mortos em ONG de Campinas

Por fabiosaraiva

Cinco filhotes de cachorro foram encontrados mortos nesta quarta-feira ao lado de carne moída estragada em um freezer desligado na sede da UPA (União Protetora dos Animais), em Campinas. A ONG foi fundada pelo deputado estadual Feliciano Filho (PEN).

Policiais comandados pela delegada Rosana Mortari, titular da delegacia de proteção aos animais de Campinas, deu uma batida em um sítio usado pela entidade após denúncias anônimas de maus-tratos contra 40 cachorros abrigados no espaço. As condições de higiene do sítio eram ruins e alguns animais abrigados no local também estavam doentes. Foram achados medicamentos com prazo de validade vencido.

Segundo a delegada, o sítio é inadequado para receber os animais porque não tem estrutura que proteja os bichos do frio e da chuva. Sobre os animais mortos e os medicamentos vencidos, Rosana disse que apenas a Vigilância Sanitária, que foi acionada, mas não chegou a ir ao local, poderia se posicionar e, se for o caso, lacrar o espaço.

Feliciano disse que a batida foi perseguição política e que os animais mortos estavam aguardando para serem incinerados, pois morreram de uma doença altamente contagiosa. O deputado acrescentou que o local é provisório.

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo