Aumentam tempo de estadia e gasto de turista na capital

Por Carolina Santos

Levantamento realizado pela SPTuris, empresa de turismo da prefeitura, mostra que aumentou o tempo de estadia e a quantidade de dinheiro que os turistas gastam na cidade de São Paulo.

O tempo médio de permanência na cidade subiu de 2,7 para 3,4 dias no primeiro semestre desse ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

O gasto dos visitantes na cidade também cresceu. Passou de R$ 1.354,46, no ano passado, para  R$ 1.745,96, neste ano. As principais despesas são hospedagem, alimentação, compras e lazer.

O perfil predominante dos hóspedes continua sendo formado por homens (65,6%), mas a presença de mulheres cresceu, (de 30,7% para 34,4%).

O estudo aponta que a maior parte dos visitantes vêm do interior de São Paulo (26,6%). As principais motivações são os negócios e eventos que, juntos, somam 76,4%.

A pesquisa também revela hábitos característicos destes turistas, como check in às segundas (23,1%), check out às sextas (21,1%) e predominância por viagens desacompanhados (64,3%).

Durante a estadia na cidade, os visitantes também demonstraram que aproveitam a oferta de cultura e lazer paulistanos.

Entre as atividades mais realizadas estão gastronomia (26,8%), compras (17,7%) e vida noturna (13,1%).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo