Suspeito de matar GCM em Mairinque é preso

Por talita

A polícia apreendeu um adolescente de 17 anos suspeito de participar do assassinato de uma família durante o fim de semana no interior de São Paulo. Um subcomandante da GCM (Guarda Civil Municipal) e a mulher dele foram mortos em casa com tiros na cabeça. O filho também foi atingido.

A polícia chegou até o suspeito depois que ele deu entrada no hospital de Mairinque, ontem à noite, baleado no braço. Ao ser interrogado, o menor confessou participação nas mortes.

Testemunhas dizem que o adolescente portava o coldre e a pistola do subcomandante do GCM assassinado. Ele foi transferido para um hospital de Sorocaba, cidade vizinha, sob escolta policial.

Investigação

O dinheiro da venda de uma casa do GCM pode ter motivado a execução do casal. O imóvel onde a família morava tinha acabado de ser vendido por cerca de R$ 200 mil. Uma das suspeitas é de que criminosos tenham sido informados sobre o negócio e planejaram um assalto.

Como as vítimas não estavam com o dinheiro, acabaram executadas. O filho de dez anos também foi baleado na cabeça e está internado em estado gravíssimo.

Para a polícia, as vítimas conheciam os assassinos. A hipótese de vingança relacionada ao trabalho do subcomandante não está descartada.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo