Furtos no aeroporto de Congonhas caem 34% no semestre

Por Carolina Santos

Uma boa notícia para os passageiros que utilizam os principais aeroportos de São Paulo: a quantidade de furtos caiu em Congonhas e em Cumbica, no primeiro semestre.

Segundo balanço da SSP (Secretaria de Segurança Pública), a maior queda foi registrada no terminal de Congonhas, na zona sul: 34%. Lá, foram 118 furtos nos seis primeiros meses deste ano, ante 180 no mesmo período de 2012.

Em Cumbica, em Guarulhos, a redução no primeiro semestre foi de 9,7%. Foram 763 casos de janeiro a junho de 2013, ante 845 furtos no mesmo período do ano passado.

Embora o número de delitos tenha caído 34% em Congonhas, a quantidade de passageiros que circulam pelo terminal registrou queda menos acelerada, em relação ao primeiro semestre de 2012: 3%. Entre janeiro e junho, circularam por Congonhas 7,8 milhões de pessoas, ante 8 milhões do mesmo período de 2012.

Já em Cumbica, houve aumento de 4,8% no volume de passageiros. Foram 16,5 milhões de passageiros no primeiro semestre deste ano. Em 2012, foram 15,7 milhões de pessoas entre janeiro e junho.

Para o delegado titular de Congonhas, Cícero Simão da Costa, a queda nos furtos aconteceu após uma mudança na metodologia de apurações. “Criamos uma chefia de investigações. Ela é responsável por cruzar informações do banco de fotos e de um mapeamento que fizemos de quadrilhas internacionais especializadas em furto de bagagens.”

Em Cumbica, o delegado Marcelo Caio Ferrari afirma que houve uma integração entre o sistema de segurança da nova concessionária do terminal (GRU Airport) e os investigadores. “Agora, conseguimos identificar atitudes suspeitas por meio das câmeras e intervir.”

Captura de Tela 2013-08-04 às 21.09.50

Loading...
Revisa el siguiente artículo