Obras no Museu do Ipiranga não têm prazo para acabar

Por Carolina Santos

A restauração do Museu Paulista, mais conhecido como Museu do Ipiranga, não tem prazo para terminar.

A obra começará pelo lado de fora porque pedaços de argamassa começaram a se soltar das paredes.  Grades de proteção e uma cobertura nas rampas tiveram de ser colocadas para evitar que o material caia sobre os visitantes. O  custo total da reforma está previsto em R$ 21 milhões.

Uma empresa foi contratada para realizar um diagnóstico prévio da fachada para avaliar qual tipo de reparo precisará ser feito.

A análise ficará pronta apenas em dezembro. Só então, uma licitação será aberta para contratar uma outra empresa para realizar os reparos necessários. Depois de concluída a obra na fachada, a reforma passará pelas rampas, saguão, subsolo e torres.

O conjunto de obras é necessário por conta de uma reforma feita no edifício da década de 40 que deixou fissuras no prédio. Com o  decorrer do tempo, o problema aumentou.

Segundo o museu, não há nenhum risco de desabamento e o prédio continuará aberto para visitação durante as obras.

A reforma também prevê a ampliação do edifício, com a incorporação do prédio do Museu de Zoologia e de um terreno pertencente ao Corpo de  Bombeiros.

Além disso, também haverá melhorias nos acessos para cadeirantes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo