Caso Mércia: Testemunha diz que viu vítima após a morte

Por Carolina Santos

Uma testemunha protegida pela Justiça ouvida ontem no julgamento do vigia Evandro Bezerra da Silva afirmou ter visto a advogada Mércia Nakashima três dias depois de sua morte oficial.

Segundo a testemunha “alfa”, como foi chamada, Mizael Bispo e Mércia pararam o carro próximo a uma praça de pedágio na via Dutra para pedir informações.

Mizael teria perguntado se havia algum caminho para Nazaré Paulista que evitasse o pedágio. Ao saber que teria que voltar 3 km na contramão, ele desistiu e seguiu em frente.

A testemunha disse ter reconhecido Mizael por sua jaqueta de couro e que lembrava-se da placa do carro ser de Guarulhos. Ele estaria acompanhado por uma “jovem oriental” que olhava fixamente para frente.

Mércia morreu em 23 de maio de 2010, segundo laudo da perícia, mas seu corpo foi encontrado apenas em 11 de junho.

Mizael foi condenado a 20 anos de prisão pela morte da advogada.

Loading...
Revisa el siguiente artículo