Pesquisa descobre que veneno de abelha mata células do câncer de mama

Por Metro Jornal

Uma pesquisa publicada na revista Nature Precision Oncology revela que o veneno da abelha mata rapidamente as células mais agressivas do câncer de mama.

De acordo com a pesquisa, realizado pela médica Ciara Duffy, do Harry Perkins Institute of Medical Research, da Austrália, uma concentração específica do veneno da abelha matou 100% do câncer de mama triplo negativo em 60 minutos, com efeitos mínimos para as células normais

Segundo a médica, um componente do veneno chamado melitina entra na membrana plasmática da célula doente e forma buracos, matando-a. A pesquisa mostrou ainda que a melitina desligou as vias de sinalização para reprodução das células cancerosas triplo negativas e HER2, que são fundamentais para o crescimento do tumor.

Os cientistas acreditam que o estudo pode levar ao desenvolvimento de um tratamento do câncer de mama triplo-negativo, que representa 10 a 15% de todos os cânceres de mama e, por ser muito agressivo, não possui terapias eficazes.

Com informações da ABC News.

Loading...
Revisa el siguiente artículo