Adolescência: 5 passos para construir uma relação sólida com os filhos

Especialista dá dicas para que os pais consigam se comunicar com os filhos e se manter próximos deles nessa fase da vida

Por Verônica Fraidenraich – Canguru News

Alterações de humor e mudanças de comportamento costumam ser comuns na adolescência. Para os pais, pode ser uma fase difícil, pela dificuldade em se comunicar com os filhos e se mostrar próximos deles. Muitos se sentem perdidos e acabam cometendo erros que só os afastam dos filhos. Abaixo, a coaching parental Jacqueline Vilela dá 5 orientações para que os pais possam construir um relacionamento sólido com os filhos que se encontram na fase da adolescência.

1º passo: Trate com respeito

Embora os adolescentes não gostem de dar satisfações e se achem maduros para tomar as próprias decisões, os pais sabem que ainda há muita imaturidade e impulsividade nas decisões, por isso não devem se afastar dos filhos.

Nessa fase da adolescência, as orientações e conselhos precisam acontecer de uma forma natural, sem que soe para o jovem como imposição ou intromissão. Para isso deve-se tratar o adolescente com respeito para que ele retribua da mesma maneira.

Exercite o diálogo e, com o tempo, as conversas passarão a acontecer de forma natural e os conselhos e orientações serão passados e ouvidos. Normalmente, quando os filhos se fecham é porque se sentem julgados e não escutados.

Leia também: Adolescência em foco: deixar crescer, sem descuidar

2º passo: Não imponha seus pensamentos

Os pais tendem a pensar que sabem o que o filho está passando por algo que eles já passaram na fase da adolescência e isso é um erro pois cada pessoa é única e vive suas próprias experiências.

Então respeite o momento do seu filho e não imponha a sua maneira de pensar. Todos passamos por dificuldades e decepções e com os jovens é igual. Deixe que vivam suas experiências e amadureçam com isso.

3º passo: Dê liberdade

A liberdade do adolescente deve ser dada, sempre na medida certa. Não impeça, por exemplo, que seu filho durma na casa de um amigo, mas ligue para os pais desse amigo e certifique-se de que é seguro.

Nessa fase, os filhos também querem sair e ir à festas. Pondere sobre o tipo de festa e deixe-o ir. Além disso você pode combinar um horário que seja condizente com a idade dele.

Observe os comportamentos do seu filho após essas permissões de liberdade e vá conversando com ele sobre escolhas e sobre confiança.

4º passo: Evite cobrar demais

Ninguém gosta de se sentir cobrado o tempo inteiro. Óbvio que você quer que seu filho estude, tenha um bom futuro, um relacionamento legal e etc., mas passar o tempo todo cobrando pode gerar um grande problema.

A dica é encontrar uma boa forma de mostrar a importância de determinada atividade na vida do filho, sempre com afeto, intercalando a cobrança com carinho, diálogo e descontração.

Leia também: Saiba como reativar a conexão e ajudar seu filho adolescente

5º passo: Não o deixe constrangido

Entenda que é muito comum que os filhos na fase da adolescência sintam vergonha dos pais, por isso evite expor sua intimidade, por exemplo, na frente de outras pessoas.

Praticar o respeito, não ridicularizando suas roupas, comentando sobre a namoradinha ou abraçando e beijando em público, será de grande ajuda. Os momentos com o seu filho adolescente ainda podem ser legais, divertidos e descontraídos, mas sempre adotando a postura de pais e protegendo o seu filho.

Leia também: Criando filhos responsáveis

Leia outros conteúdos para pais de adolescentes.

Quer receber mais conteúdos como esse? Clique aqui para assinar a nossa newsletter. É grátis! 

Loading...
Revisa el siguiente artículo