Vai levar o pet para passear? É preciso ter cuidados antes e depois da saída

Por Metro Jornal

Depois de meses de isolamento, muitos donos de animais de estimação já voltaram a levar seus bichos para passear pelas ruas do bairro ou em parques, que na cidade de São Paulo puderam recentemente reabrir.

Se todo o cuidado para evitar a covid-19 ainda é preciso, em um momento que a doença segue com grande impacto no país, também se deve cuidar para que os pets não tragam pragas, como pulgas e carrapatos, para a residência. Estas pragas podem atingir humanos e trazer danos à saúde dos animais e seus tutores.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Fundação Renova - agosto 2020

Segundo o vice-presidente da Aprag (Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas), Sérgio Bocalini, é preciso tomar medidas preventivas ainda antes do passeio. “A vistoria é importante, pois uma vez que identificamos a presença de pulgas ou carrapatos, devemos evitar de levar os animais para passearem em parques e praças, para evitar infestação nestas áreas.”

Na volta, o ideal é que o dono passe um pano com álcool no animal e mantenha os espaços do bicho, como o local onde dorme, sempre limpos. Em caso de infestação, o recomendado é levar o pet a um veterinário e iniciar o tratamento com produtos recomendados.

Loading...
Revisa el siguiente artículo