Cachorros podem farejar infecção de coronavírus, diz estudo

Por Metro Jornal

Um estudo realizado pela Universidade de Medicina Veterinária de Hannover, na Alemanha, chegou à conclusão de que cães podem ser treinados pra identificar pessoas infectadas com o novo coronavírus.

O estudo foi realizado em conjunto com as Forças Armadas da Alemanha. Oito cães do exército foram treinados por uma semana para identificar o vírus e tiveram que farejar amostras de saliva de 1 mil pessoas, entre saudáveis e infectadas. A taxa de precisão foi de 94%.

De acordo com os especialistas, o olfato dos cachorros é 1 mil vezes mais sensível do que o do ser humano e por isso eles podem ser utilizados em aeroportos e eventos de grande aglomeração para detectar focos de infecção da covid-19.

O próximo passo do estudo é treinar os cães para diferenciarem coronavírus de outros tipos de gripe.

Loading...
Revisa el siguiente artículo