7 dicas para não arruinar o cabelo pintando em casa

Por Metro Jornal

Nesta quarentena, ficaram famosos os memes de pessoas com franjas arruinadas e também Tik-Toks dos enormes, imperdoáveis e dolorosos desastres de cabelo: desde manchas até tons fantasia espantosamente aplicados ou fios que mais parecem palha por causa de descolorações mal feitas.

Se você não chegou a esse extremo, Yesenia Hernández, especialista em coloração da marca alemã de cosméticos Schwarzkopf, nos mostra alguns conselhos para ter uma coloração caseira de sucesso.

1 – Escolha (muito bem) a cor

Isso é fundamental. “Primeiro de tudo, se você nunca pintou o próprio cabelo, tem que escolher bem a cor. É preciso levar em conta os gostos, personalidade, estilo de vida e estar seguro. Agora, bem, é claro que o cabelo não ficará igual ao da caixa (que inclusive tem retoques digitais). Muita gente também tende a confundir tons porque são quase iguais. Então, certifique-se, se já tem o cabelo pintado, de que o tom seja igual ao que você usou”, explica a especialista.

cabelo cacheado cabelo crespo claro Pixabay

2 – E se não ficar com o tom desejado ou o cabelo ficar manchado?

“Se o cabelo ficar assim, é por não fazer uma boa seleção do tom nem uma boa aplicação. Muitas pessoas aplicam uma cor escura para mascarar outra cor, e não é essa a ideia. Por isso, é preciso fazer a aplicação certa para cada caso: se você tem o cabelo natural, não deve tocar as raízes depois de um tempo de exposição. Deve aplicar do meio às pontas. E no caso do cabelo tingido, deve fazer isso somente na raiz. Também, procure uma boa marca”, recomenda Hernández.

3 – Descoloração: tentar em casa?

“Há mudanças radicais que requerem certas técnicas ou várias por vez. Não é só pegar a tintura, aplicar no cabelo e olhar o resultado que vai dar, porque isso pode causar desastres. O que se faz aqui é brincar com a saúde e a aparência do cabelo. Há certos processos de coloração que devem ser direcionados por um especialista. Uma tintura é fácil de fazer em casa, mas tem procedimentos que requerem um profissional”, recomenda.

4 – É verdade que devo esperar um tempo para voltar a pintar o cabelo?

“É um mito. Se pinto hoje e quero escurecer o cabelo, não tem problema. No caso de correções, isso pode ser feito de imediato. O problema é quando já existe um antecedente negativo: se você descoloriu antes ou fizeram um mal procedimento químico e o cabelo está desidratado ou poroso, você precisa, sim, esperar”, esclarece.

5 – Cabelos coloridos (parte 1)

Os vermelhos e os tons azuis ou neon, entre outros, são populares, mas exigentes. A especialista se pronuncia a respeito: “Os tons assim desbotam, mas não saem. Por isso, você precisa evitar lavar o cabelo com água quente, nem precisa lavar frequentemente, assim como evitar a exposição ao sol e o uso contínuo de tratamentos. Agora, essas cores são temporárias: se coloco verde-água, se tornará verde-maçã, sem dúvida”, explica.

cabelo colorido cabelo azul raiz diferente Pixabay

6 – Cabelos coloridos (parte 2)

Os matizadores também são outro produto para usar com cuidado. “Esses são utilizados em descolorações altas, sobretudo em tons loiros, para que não fiquem amarelos. O problema é aplicar muito e passar do tempo estipulado”, afirma.

7 – Recomendações básicas

  • As tinturas precisam de tratamento pós-coloração. Use produtos de cuidado durante e depois de coloração à base de óleos
  • Siga bem as instruções da caixa
  • Não passe do tempo recomendado pela marca
  • Faça teste de alergia antes de pintar o cabelo
  • Verifique muito bem o estado do cabelo antes de pintar
  • Não espere que o cabelo, se é escuro, fique loiro, por exemplo. É preciso de descoloração profissional
Loading...
Revisa el siguiente artículo