56% das crianças possuem conta em rede social - mas 40% dos pais não monitoram essa atividade

Pesquisa teve como objetivo analisar o quanto pais e mães estão envolvidos e comprometidos com a vida digital de seus filhos. Veja dicas para garantir que crianças usem a internet com segurança

Por Ivana Moreira

No Brasil, 56% das crianças possuem conta em redes sociais como WhatsApp, Instagram, YouTube e Facebook – apesar de 40% dos pais nunca (ou raramente) monitorarem a atividade delas nas comunidades virtuais. Além disso, 42% das crianças acessam as redes sociais sozinhas ou com senhas próprias e muitos pais (26%) não sabem a senha do perfil de seus filhos.

Os dados são do estudo "Crianças Digitais", realizado pela empresa de cibersegurança Kaspersky, em parceria com a consultoria de pesquisa Corpa. A análise teve como objetivo observar o quanto pais e mães estão envolvidos e comprometidos com a vida digital de seus filhos. Para tanto, foram entrevistados 2.294 pais e mães, entre 25 a 60 anos, cujos filhos têm entre 0 e 18 anos. As entrevistas foram realizadas entre fevereiro e março deste ano, em seis países da América Latina – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru.

Leia também: Quarentena aumenta risco de dependência virtual para os pequenos

Crianças têm tablet ou celular próprio antes dos 10 anos de idade

Outro aspecto preocupante que a pesquisa revelou é quase metade (49%) das crianças brasileiras usaram um dispositivo eletrônico pela primeira vez antes dos seis anos de idade. E 72% delas têm o próprio smartphone ou tablet antes de completar 10 anos – 8,5 anos é a idade média em que elas ganham um dispositivo.

Carolina Mojica, gerente comercial de varejo da Kaspersky, afirma que as crianças de hoje crescem em um mundo rodeado pela internet. "É impossível evitar que elas interajam, mais cedo ou mais tarde, com tudo o que é digital e, principalmente, com as redes sociais", explica . Ela ressalta a importância dos pais supervisionarem o que as crianças publicam e explicarem a elas por que eles fazem isso, de modo a garantir o uso da interent com segurança. E lembra que até os adolescentes podem não ter total compreensão sobre o impacto a longo prazo de suas postagens. "É muito importante ensiná-los a ter bons hábitos online", diz Carolina. Veja recomendações para ajudar as famílias na educação infantil digital.

Leia também: Aumento de casos de miopia pode ter relação com uso de telas e rotina em ambientes fechados

Dicas para garantir o uso da internet com segurança

  • Desde cedo, converse com eles sobre as ameaças online para que aprendam a reconhecê-las e evitá-las, criando assim uma base de confiança e diálogo
  • Estabeleça um diálogo sobre os perigos da internet com os seus filhos
  • Participe das atividades online de seus filhos desde cedo como um "mentor". Pergunte sobre suas experiências online e, em particular, se teve algo que o(a) fez sentir desconfortável ​​ou ameaçado(a), como assédio, sexting ou aliciamento.
  • Defina regras simples e claras sobre o que eles podem fazer para assegurar o uso da internet com segurança e explique o porquê.
  • Configure corretamente as ferramentas de privacidade nas redes sociais de seus filhos para que as mensagens sejam visualizadas apenas por amigos e familiares.

Dados mostram como as crianças se comportam na web

  • 49% das crianças brasileiras usam um dispositivo conectado pela primeira vez antes dos 6 anos
  • 72% delas têm o seu próprio smartphone ou tablet antes de completar 10 anos
  • 8,5 anos é a idade média em que a criança ganha o seu primeiro dispositivo conectado
  • 56% possuem conta em alguma rede social, das quais…
  • 67% compartilham hobbies ou atividades favoritas
  • 10% compartilham dados pessoais de amigos e parentes
  • 16% compartilham fotos da casa
  • 42% das crianças acessam as redes sociais sozinhas e com senhas próprias e somente…
  • 14% delas estão acompanhadas dos pais

Leia também: Deixar as crianças em frente às telas pode não ser tão ruim assim

Quer receber mais conteúdos como esse? Clique aqui para assinar a newsletter da Canguru News. É grátis!

Loading...
Revisa el siguiente artículo