Eclipse solar 'Anel de Fogo' marca início do solstício

Por Metro Jornal

O primeiro eclipse de 2020, um eclipse solar anular, marcará o início do solstício de inverno no hemisfério sul e de verão, no hemisfério norte, no próximo dia 21 (domingo).

O eclipse anular, também conhecido como anel de fogo, ocorre quando a lua não tapa todo o disco solar e é possível avistar as bordas do sol brilhando atrás da lua.

Infelizmente, ele não será visto do Brasil ou na América do Norte. Somente a África Central, Península Arábica, Índia, China e Pacífico terão uma visão completa do “Anel de Fogo”.No restante dos países da Europa e norte da Austrália, as pessoas terão apenas uma visão parcial do evento.

Para os brasileiros, resta apenas acompanhá-lo pela Internet (clique aqui). O ápice do eclipse será às 15h40 (horário de Brasília).

Se você vive fora do Brasil, em algum dos países onde o eclipse pode ser avistado, cuidado: não olhe diretamente para o fenômeno. Apesar de estar escondido atrás da lua, raios ultravioletas podem danificar seus olhos. O mesmo vale para telescópios e lunetas. Óculos de sol comuns também não funcionam.

Os óculos adequados para isso são como os usados por soldadores, com filtro de luz bem escuros.

Loading...
Revisa el siguiente artículo