Google enfrenta processo nos Estados Unidos acusado de rastrear modo anônimo

Por Metro Jornal

Uma ação foi aberta na Califórnia, Estados Unidos, acusando o Google de monitorar as ações de usuários que optam por usar o navegador Chrome no modo anônimo (privado).

Segundo a ação, as ferramentas da empresa, como plugins para o navegador e serviços como Google Analytics e Ad Manager, estariam sendo utilizadas para essa finalidade, fornecendo a editores e anunciantes informações sobre os sites visitados pelos usuários, mesmo quando eles usam o modo privado.

A ação judicial diz ainda que a lei da Califórnia exige consentimento de todas as partes para qualquer serviço ter acesso a dados de comunicação privados.

As três autoras da ação pedem uma indenização bilionária: US$ 5 bi.

A Companhia rechaçou a acusação, alegando que a janela anônima do Chrome deixa claro que a opção permite navegar sem que as páginas sejam salvas no navegador, mas que outros sites podem coletar informações durante a sessão.

Com informações do NY Times.

Loading...
Revisa el siguiente artículo