Ofertas e propagandas enganosas disparam durante pandemia

Por Metro Jornal

Em tempos de pandemia, o consumidor precisa redobrar a atenção com publicidade enganosa e falsas promoções.

De acordo com especialista em direitos do consumidor e colunista do Aqui na Band, Sergio Tannuri, inúmeros golpes estão ocorrendo em larga escala, principalmente no mundo virtual, com anúncios enganosos que podem lesar pessoas já fragilizadas pelo momento de crise.

“Diariamente, nos deparamos com anúncios de promoções onde são prometidos grandes descontos em produtos ou serviços caros. As ofertas prometem, em alguns casos, descontos de até 50% do preço de mercado. Infelizmente, muitos consumidores acreditam e acabam caindo em golpes”, alertou Tannuri.

LEIA MAIS:
Pesquisa feita com crianças encontra ligação entre dormir tarde e sobrepeso
FGV: Atividade econômica teve retração de 7% em abril

Um setor que vem chamando a atenção é o turismo, com um significativo aumento de reclamações aos órgãos de proteção ao consumidor. Não só voltadas às agências de viagens, como hotéis e companhias aéreas, alguns dos ramos mais afetados pela crise do coronavírus, têm tido dificuldades em atender seus clientes da maneira mais justa.

“É preciso tomar muito cuidado com as promoções muito tentadoras pois pode ser armadilhas. Nas redes sociais, multiplicaram-se anúncios com ofertas inexequíveis, sendo que os golpes online aumentaram expressivamente”, comentou Tannuri. “O comprador precisa estar ciente, analisas os prós e os contras, antes de efetivar a compra”, explicou.

Para quem já adquiriu um pacote e não conseguiu fazer a viagem, pelos motivos já expostos, a dica do especialista é esta: “A palavra de ordem é ‘negociação’. Tente remarcar ou reagendar a viagem. Pedir o dinheiro de volta ou judicializar a questão não é o mais recomendável em tempos de pandemia. Uma solução amigável é melhor”, explicou Tannuri.

Loading...
Revisa el siguiente artículo