Campanha Pezinho no Futuro luta pela ampliação do Teste do Pezinho em todo o Brasil

Instituto Vidas Raras coordena a campanha Pezinho no Futuro, que também ressalta que o exame deve continuar sendo feito durante pandemia

Por Heloísa Scognamiglio - Canguru News

Neste sábado, 6 de junho, é o Dia Nacional do Teste do Pezinho, exame realizado em recém-nascidos que faz o diagnóstico precoce de doenças genéticas raras. E a organização não governamental (ONG) Instituto Vidas Raras está lançando a #EmCasaComPezinhoNoFuturo, nova fase de sua campanha Pezinho no Futuro. 

A campanha Pezinho no Futuro tem como objetivo a ampliação do Teste do Pezinho no Brasil todo, ou seja, a disponibilização do Teste do Pezinho Ampliado no Sistema Único de Saúde (SUS), sendo acessível para todos os recém-nascidos do país. A nova fase da campanha continuará essa luta e também trabalhará na conscientização sobre o Teste do Pezinho Ampliado, que é desconhecido por muitas pessoas. A campanha também vai destacar que o Teste do Pezinho precisa continuar sendo feito mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus. 

Leia também – Como a pandemia pode afetar a saúde mental das crianças 

O Teste do Pezinho é feito entre o terceiro e o quinto dia após o nascimento e todo bebê deve fazer. Ele faz o diagnóstico algumas doenças genéticas raras que podem comprometer o desenvolvimento, causar sequelas irreversíveis ou até levar a criança à morte. O exame básico, oferecido pelo SUS, pode identificar sete doenças, enquanto o Teste do Pezinho Ampliado pode detectar mais de 50 doenças. O preço do exame ampliado em laboratórios particulares vai de 300 a 750 reais. 

Distrito Federal, Minas Gerais, Paraíba e Rio Grande do Sul têm leis que garantem a ampliação do Teste do Pezinho. E por que não para o Brasil todo? “Podemos mudar essa realidade, por isso, além da conscientização sobre a importância do exame, reunimos a petição online para, com 1 milhão de assinaturas, pleitearmos às autoridades políticas essa ampliação na rede pública, como direito para todos”, afirma Regina Próspero, vice-presidente do Instituto Vidas Raras. 

Leia também – Acidentes são a principal causa de morte de crianças no Brasil (e metade deles são domésticos) 

A petição online da campanha Pezinho no Futuro, pela disponibilização do Teste do Pezinho Ampliado no Brasil todo, pode ser acessada aqui.  O Instituto Vidas Raras está disponibilizando um contato de WhatsApp para quem quiser tirar dúvidas sobre o exame ou tiver alguma denúncia para fazer. O número é (11) 99790-7080. 

Quer receber mais conteúdos como esse? Clique aqui para assinar a newsletter da Canguru News. É grátis! 

Loading...
Revisa el siguiente artículo