‘Dia das Mães’ é celebrado desde a Grécia Antiga

Por Metro Jornal com Canguru News

As celebrações às figuras maternas acorrem desde a Grécia Antiga, quando a mãe dos deuses, Rhea, era homenageada no início da primavera. Depois de cristianizado, o Império Romano passou a celebrar o 4º domingo da Quaresma. Mas foi só no século XVII que a data se fortificou, quando a população da Inglaterra começou ir às igrejas no dia que passou a ser conhecido como “Domingo das Mães”.

A data se tornou importante, principalmente, para os criados que eram dispensados para visitarem as igrejas com suas mães e familiares. Os feriados não existiam e esta era a única oportunidade de folga para estar com a família.

A celebração às mães, como a conhecemos, chegou aos Estados Unidos em 1907, pela metodista Anna Jarvis, para homenagear sua mãe, a ativista social Ann Maria Reeves Jarvis. A data foi aprovada pelo Congresso do país e foi celebrada pela primeira vez em 9 de maio de 1914.

No Brasil, o “Dia das Mães” chegou quatro anos após a oficialização nos EUA, promovida pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre. Em 1932, foi oficializada pelo presidente Getúlio Vargas, para ser comemorada no segundo domingo de maio. Em 1947, o Dia das Mães foi incluído no calendário oficial da Igreja Católica no Brasil.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo