5 verdades brutais sobre a amar uma pessoa do signo de Touro

Por Victória Bravo

O taurino é lembrado sempre por sua persistência, teimosia e a necessidade de ter o que deseja. Contudo, existem muitas outras características marcantes deste signo – especialmente quando o amor entra em jogo.

Confira cinco verdades brutais sobre amar uma do signo de Touro:

  1. Ciúme e possessão

O taurino vive constantemente com duas sensações em sua vida: “Isso é meu” e “Isso não é para mim”. Portanto, sua tendência a possuir, acumular e manter as coisas pode ser grande.

Com isso vem o ciúme e até a característica de ser possessivo com quem ama, podendo se sentir inseguro ao dividir espaço com pessoas queridas do ser amado – algo que somente muda quando o taurino deixa de ver o outro como adversário.

  1. Ponto de vista forte.

O lado observador do taurino é atento e contempla as pessoas em muitos aspectos. Por isso, ele tira suas próprias conclusões e é capaz de defender o que pensa até o fim, expressando sua opinião doa a quem doer. Para ele, entrar em discussões pode ser fácil, mas os arrependimentos são muitas vezes lidados em silêncio.

gif Reprodução / Giphy
  1. Esconde seu lado bruto.

Este signo não é tirado do sério facilmente, mas quando isso acontece ele pode explodir em um movimento bruto que não era visto antes. Forte, potente e sem medo de atacar como o animal touro, ele dificilmente muda de ideia quando decide ou pensa algo.

  1. Caixa de lembranças.

A flexibilidade não é algo fácil para eles, que consegue guardar tudo, bens, memórias, emoções e também ressentimentos. Por isso, este signo prioriza muito a estabilidade e a consciência de perseguir caminhos que o ajudarão a suprir suas necessidades.

  1. Independência é uma necessidade.

Mesmo em um relacionamento, o taurino gosta de manter sua forma de fazer as coisas e pode preferir resolver alguns problemas sozinho. Nem todo mundo entende isso, mas ele precisa “materializar” as coisas com as próprias mãos, sentindo que pode atrair e alcançar o que deseja.

Loading...
Revisa el siguiente artículo