Ataques a dispositivos móveis no Brasil cresceram de forma alarmante no mês de março

Por Metro Jornal

Ataques phishing contra dispositivos móveis mais que dobraram no último mês no Brasil, apontou um levantamento realizado pela Kaspersky.

Como revelado pela empresa, de fevereiro a março, houve um aumento de 124% neste tipo de golpe – crescimento diretamente ligado às mensagens maliciosas circulando no WhatsApp se aproveitando da pandemia de coronavírus.

“Entre as principais formas utilizadas para ganhar dinheiro, essas mensagens fazem a vítima baixar apps legítimos (sendo remunerado via programas de afiliação) ou roubam os dados pessoais do usuário para usá-los em outros ataques”, detalhou.

Pensando nisso, a plataforma especializada compartilhou algumas dicas para não ser vítima de phishing. Confira:

  • Suspeite sempre de links recebidos por e-mails, SMSs ou mensagens de WhatsApp, principalmente quando o endereço parece suspeito ou estranho.
  • Sempre verifique o endereço do site para onde foi redirecionado, endereço do link e o e-mail do remetente para garantir que são genuínos.
  • Verifique se a mensagem é verdadeira acessando o site oficial da empresa ou organização – ou os perfis nas redes sociais.
  • Se não tiver certeza de que o site é real e seguro, não insira informações pessoais. Também use soluções de segurança confiáveis no celular.

Com informações da Kaspersky

LEIA TAMBÉM: 

Loading...
Revisa el siguiente artículo