Fique atento! Novos golpes no WhatsApp usam o contexto do coronavírus como isca

Por Metro Jornal

As campanhas de phishing e informações falsas que usam como pretexto o avanço do coronavírus (covid-19) estão se espalhando a cada dia com mais frequência pelo aplicativo WhatsApp.

Como revelado pela ESET, esses golpes procuram não apenas roubar informações pessoais de possíveis vítimas, mas também espalhar notícias falsas com o propósito de realizar ações criminosas de diversos tipos. Confira alguns:

Contas Netflix grátis

Os cibercriminosos por trás da campanha de phshing que está sendo disseminada no WhatsApp se fazem passar pela Netflix para oferecer o benefício de uma conta gratuita.

No entanto, de pesquisadores de segurança da ESET, o objetivo do golpe é direcionar tráfego para uma página web com muitos anúncios, para monetização, gerando lucro para os criminosos, além de obter informações pessoais das vítimas.

Exames presenciais de coronavírus

Outra campanha fraudulenta, disseminada no WhatsApp, usa o nome do Hospital Albert Einstein com o propósito de realizar golpes.

O texto da mensagem se faz passar por funcionários da instituição, que oferecem exames presenciais de coronavírus em casa pelo app. A vítima entra em contato com os criminosos, que acabam indo a casa e anuncia o assalto.

Com informações da ESET

LEIA TAMBÉM: 

Loading...
Revisa el siguiente artículo