Telescópio Espacial Hubble da NASA capta impressionante registro de galáxia com formato peculiar

Por Wellington Botelho

O Telescópio Hubble da Agência Espacial Americana (NASA), em pareceria com a Agência Espacial Europeia, captou um impressionante registro de uma galáxia distante.

Como revelado, a imagem mostra a galáxia NGC 4237, localizada a cerca de 60 milhões de anos-luz da Terra na constelação de Coma Berenices.

Ela é classificada como uma galáxia espiral floculenta. Isso significa que seus braços espirais não são claramente distinguíveis um do outro, como nas galáxias espirais de "grande design", mas são irregulares e descontínuos.

Isso dá à galáxia uma aparência fofa, como revelado pela agência especial. Com isso, os astrônomos que estudam NGC 4237 estavam realmente mais interessados sobre o que gerou sua protuberância galáctica.

“Ao aprender mais sobre essas protuberâncias, podemos explorar como as galáxias espirais evoluíram e estudar o crescimento dos buracos negros supermassivos que se escondem no centro da maioria das espirais. Há indicações de que a massa do buraco negro no centro de uma galáxia está relacionada à massa de sua protuberância”, informou.

No entanto, essa conexão ainda é incerta. Sendo necessário, novas analises para concluir o estudo. Confira o registro espetacular:

Com informações da NASA/ESA

LEIA TAMBÉM: 

Loading...
Revisa el siguiente artículo