4 maneiras de adotar o maximalismo na decoração

Por Nathalia Marques

Você já deve saber o que minimalismo, certo? Caso não, é um estilo que valoriza a simplicidade, o conforto e que quase não utiliza elementos decorativos. Já o maximalismo é o oposto.

O estilo explora cores, diferentes elementos e, basicamente, tem como base o exagero (com bom gosto, é claro). O maximalista na decoração é uma tendência para muitos designers de interiores.

Sasha Bikoff, designer de interiores nascida e criada em Nova York, explicou em entrevista ao HuffPost que "Ser um maximalista, para mim, é o mais interessante e único", disse Bikoff.

"Você pode criar um mundo que é apenas na sua imaginação, que nunca existiu realmente na história, em oposição ao minimalismo, onde você precisa praticar essa restrição".

O estilo pode ser interessante, mas sabemos que nem sempre há recursos suficientes para contratar um profissional especializado no estilo para decorar a sua casa.

Por isso, decidimos compartilhar algumas dicas sobre como adotar maximalismo na decoração.

1. Invista em cores e estampas

No maximalismo, as cores e as estampas são muito utilizadas. Elas proporcionam um toque de “exagero”. No entanto, é sempre bom lembrar que, mesmo sendo diferentes, elas entram em sintonia, seja pela textura, paleta de cor ou estilo.

2. Estilos diferentes

No maximalismo é comum encontrar muitos estilos diferentes. Por exemplo, você pode trabalhar elementos do estilo industrial com o vintage.

3. Papel de parede colorido

Você ainda pode aderir ao papel de parede colorido para dar um toque especial e conquistar o estilo máximo.

4. Cortinas vibrantes

As cores vibrantes são muito comuns nesse estilo. Você pode utilizá-los nas cortinas, pois isso proporcionará um impacto interessante para o ambiente.

Agora que você já sabe o que é maximalismo na decoração, aproveite e confira também:

Loading...
Revisa el siguiente artículo