Mulheres explicam por que amam viajar sozinhas

Por Nathalia Marques

Viajar sozinha para muitas mulheres é um ato de liberdade. Subir montanhas, conhecer uma nova cultura na Ásia, aprender um novo idioma, experimentar uma nova comida e, principalmente, fazer novos amigos, são uns dos benefícios que elas encontram ao desbravar o mundo sem campanha. Sozinhas? Coitadas? Que nada! Elas são independentes.

Confira o que algumas mulheres disseram sobre o assunto:

Boa companhia

“Eu adoro viajar sozinha. Já viajei sozinha para fora do país e dentro do Brasil. É muito comum as pessoas virem me perguntar se eu não tenho medo de fazer isso. Eu gosto de responder que, na verdade, o meu medo é de viajar mal acompanhada”.(Fabiana Araújo, escritora)

Liberdade

“Viajo sozinha por autoconhecimento, por liberdade, por crescimento pessoal e pela oportunidade de conhecer novas pessoas e novos lugares. Eu quero que cada vez mais mulheres saibam que isso é possível, que é um direito nosso conquistar e ocupar o mundo com toda segurança”. (Joyce Delgado, jornalista)

Aprender 

“Viajar é uma ferramenta de aprendizado intensivo. Nós temos a oportunidade de conhecer coisas que não são do nosso dia a dia. A gente conhece novas maneiras de trabalhar, de viver, de comer e se relacionar. É também uma oportunidade de valorizar as coisas boas que temos na vida”. (Nathalia Bichinho, arquiteta)

Conhecer novas pessoas

“Eu adoro viajar sozinha, pois acredito que ficamos mais abertos a conhecer outras pessoas. A gente presta mais atenção nos lugares onde vamos. Eu acredito que ser mulher não podemos nos impedir de fazer isso. Ao contrário, me incentiva, motiva e me dá mais coragem. Eu volto muito mais confiante”. (Thais Macedo, viajante)

Loading...
Revisa el siguiente artículo