Coronavírus: os principais sintomas e como evitar o contágio

Por Nathalia Marques

Wuhan, cidade chinesa onde o coronavírus foi detectado, está isolada desde quinta-feira passada (23) para barrar a epidemia. Contudo, até a última terça-feira o vírus já tinha provocado 106 mortes na China e infectado 4,5 mil pessoas.

O Ministério da Saúde elevou nesta terça-feira (28) a classificação de risco do Brasil para o nível 2, que significa "perigo iminente", após caso suspeito de coronavírus em uma paciente em Minas Gerais.

A jovem de 22 anos, que esteve na China, está, neste momento, sendo monitorada SES-MG com sintomas que podem indicar a presença do coronavírus.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu não declarar o surto como uma situação de emergência global. "A transmissão parece estar limitada a familiares e profissionais que cuidaram dos pacientes. Não há evidências de transmissão entre pessoas fora da China, mas isso não significa que não vá acontecer", afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

 

Os sintomas do coronavírus

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Como evitar o contágio do coronavírus

O Ministério da Saúde compartilha os cuidados básicos para reduzir o risco de contrair infecções respiratórias agudas, como o coronavírus. Alguns deles são:

  • Lavar as mãos com frequência;
  • Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com alguém que sofre de infecções respiratórias agudas;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal; Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter os ambientes bem ventilados;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo