Cibercriminosos exploram vulnerabilidade zero‑day no Internet Explorer

Por Wellington Botelho

Cibercriminosos exploram atualmente a vulnerabilidade zero‑day no navegador Internet Explorer.  Em comunicado recente, a Microsoft informou que falha ainda não foi corrigida.

De acordo com informações da ESET, a Microsoft trabalha para corrigir o problema. Todas as versões do Windows são afetadas por essa vulnerabilidade.

Segundo o alerta, a vulnerabilidade está na maneira como o mecanismo de scripting administra objetos na memória interna do Internet Explorer. Um criminoso pode corromper a memória para executar o código arbitrariamente.

Caso um atacante consiga explorar a falha, ele poderá obter as mesmas permissões que o usuário atual; portanto, caso o usuário efetue login como administrador, ele também terá essas permissões e poderá assumir o controle do sistema afetado para instalar programas, modificar ou excluir informações ou até mesmo criar novas contas.

Com informações da ESET

LEIA TAMBÉM: 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo