YouTube inicia alterações para melhorar a proteção da privacidade infantil

Por Wellington Botelho

O YouTube já iniciou mundialmente as alterações para melhorar a proteção da privacidade infantil na plataforma. As medidas foram anunciadas em setembro do ano passado pela empresa.

As modificações exigem que todos os criadores de conteúdo tenham que especificar se o vídeo foi criado para crianças menores de 13 anos ou não, considerando os vídeos infantis como conteúdo que está sendo assistido por uma criança, independentemente da idade do usuário.

Como o YouTube explicou no blog oficial, vários fatores são levados em conta para determinar se um conteúdo é considerado infantil ou não, como revelado pela ESET.

YouTube : Un 2020 mejorando la protección de la privacidad de los niños.
Ingresa a este nuevo post de We Live Security para conocer los nuevos cambios implementados por la plataforma ⏬
https://eset.la/37V7prW

Posted by ESET on Friday, January 10, 2020

Coleta de dados

Em conformidade com a Lei COPPA, a partir dessa implementação, o YouTube passa a limitar a coleta e o uso de dados dos usuários que consomem conteúdo catalogado como para crianças.

Como consequência, algumas funcionalidades serão restritas ou desabilitadas, como a possibilidade de visualizar anúncios personalizados, fazer comentários, usar chats ao vivo, assinar conteúdo ou indicar “gostei” ou “não gostei”, entre outras.

Com informações da ESET

LEIA TAMBÉM: 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo