Estes são os 5 superalimentos que não podem faltar na dieta de nenhuma mulher

Por Luís Cunha

Uma alimentação saudável é importante para qualquer pessoa, mas certos alimentos são bons para determinados casos que afetam mais as mulheres — como câncer de mama e problemas com ossos frágeis. Esses “superalimentos” são ricos em nutrientes que ajudam a proteger e a manter o bom funcionamento do corpo, independentemente da idade.

 

Aspargos

Pezibear/Pixabay Pezibear/Pixabay

Quer uma maneira de conseguir vitamina K? Com aspargos. Meia xícara e pronto, você tem um terço do que precisa para o dia. Eles também têm muito folato, que ajuda a prevenir defeitos congênitos.

 

Cerejas e outras frutas vermelhas

Couleur/Pixabay Couleur/Pixabay

Elas não são só bonitas. As cerejas têm flavonoides e antioxidantes, que podem proteger as células saudáveis. As frutas vermelhas ajudam a manter o cérebro bem à medida que envelhece. Além disso, sua vitamina C ajuda a criar colágeno, proteína que mantém a pele firme e suave.

 

Feijões

Ariel Núñez Guzmán/Pixabay Ariel Núñez Guzmán/Pixabay

Eles têm muita fibra e proteína — com a vantagem de que não têm a gordura da carne. Os feijões podem diminuir a pressão arterial e o açúcar no sangue — tudo o que pode levar a doenças cardíacas, uma das principais causas de morte entre mulheres ao redor do mundo.

 

Iogurte natural

Aline Ponce/Pixabay Aline Ponce/Pixabay

Você precisará de mais cálcio quando tiver mais de 50 anos, e o iogurte contém grande quantidade: 240 mililitros fornecerão mais de um terço do cálcio indicado para cada dia. Procure o tipo enriquecido com vitamina D para ajudar o corpo a absorver melhor o mineral.

 

Mamão

Varintorn Kantawong/Pixabay Varintorn Kantawong/Pixabay

A sua cor vermelho-alaranjada vem do licopeno (também no tomate e na melancia) e do betacaroteno (presente na cenoura). O licopeno diminui a sua chance de contrair câncer cervical e de mama. Ele também é um antioxidante e mantém o colesterol e a pressão sanguínea em níveis saudáveis, ideal ​​para evitar doenças cardíacas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo