Confira 12 viagens em trens de luxo para desbravar o mundo

Por Ansa

Fazer uma viagem a bordo de um trem de luxo está entre as experiências mais incríveis do mundo. Além de possibilitar que o viajante aprecie paisagens deslumbrantes através de suas janelas, o transporte oferece uma espécie de hotel cinco estrelas sob os trilhos. Com quartos luxuosos e privativos, restaurantes, bares e até mesmo bibliotecas, os trens espalhados pelo mundo proporcionam uma viagem inesquecível podendo fazer seus passageiros voltarem no tempo.

Confira os 12 melhores:

1- Venice Simplon – Orient Express – Imortalizado pela escritora Agatha Christie, o Expresso do Oriente chegou a ter sua rota interrompida, mas hoje é possível realizar a famosa viagem de luxo, que dura 24 horas e tem como objetivo fazer os turistas mergulharem na atmosfera típica da década de 1920.

Com vagões originais da época, o trem foi totalmente restaurado e, por isso, suas passagens custam entre US$ 2.500 a mais de US$6 mil, dependendo das cabines e serviços extras escolhidos.

2 – Al Andalus – Com os seus vagões de 1920 recentemente renovados, este trem é sem dúvida a maneira mais fascinante para conhecer as maravilhas da Andaluzia, no sul da Espanha. Seu serviço combina com um estilo Art Deco e conta com uma culinária requintada.

3 – Danube Express – Este trem de luxo privado da Europa Central transporta apenas 50 passageiros e inclui todos os serviços, desde a recepção até passeios turísticos em cada parada. A bordo, em um elegante vagão, são servidos pratos preparados com menus tradicionais. O ambiente interno é uma mistura de tecnologia moderna com mobiliário antigos. Entre os principais itinerários escolhidos está o trajeto de 9 noites que liga Budapeste a Veneza.

4 – Helsinque / São Petersburgo – As ferrovias finlandesa (VR) e russa (RZD) criaram uma " joint venture" para operar um serviço de alta velocidade que liga Helsinque a São Petersburgo. Desde 2010, os dois trens elétricos conectam as duas cidades em 3 horas e meia.

5 – Trenhotel Lusitania – O trem noturno opera duas linhas e permite que o passageiro viaje de Madri a Lisboa, em menos de 11 horas, entre um copo de sangria e um prato de Jamon Iberico.

6- Papai Noel Express – Para os amantes do Natal e da neve, não há trem melhor do que o Papai Noel Express. Esta é uma viagem ao norte da Europa, que atravessa a Finlândia, partindo de Helsinque e chegando na Lapônia, em menos de 15 horas. A bordo, é possível aproveitar um vagão-restaurante e escolher entre acomodações econômicas e luxuosas.

7 – Euronight Chopin – Talvez não exista uma opção melhor para fazer uma viagem entre Áustria, República Tcheca, Polônia, Alemanha, Eslovênia, Croácia e Hungria. O Euronight oferece aos turistas várias possibilidades, como assentos reclináveis, beliches de segunda classe e quartos premium, com banheiros privativos. É aconselhável reservar os bilhetes com antecedência, pois têm preço acessível.

8 – Caledonian Sleeper – O trem noturno opera da estação London Euston à 5 destinos na Escócia: Edimburgo, Glasgow, Fort William, Aberdeen e Inverness. O tempo de viagem varia entre 7,5 horas e quase 13 horas. Esta é opção ideal para aqueles que pretendem evitar viagens de avião. Os trens foram reformados durante o verão de 2019, o que substituiu os vagões construídos na década de 1980.

9 – Thello – Para quem quer dormir em Paris e acordar em Veneza basta viajar com o Thello. O trem noturno que liga a França e a Itália conta com beliches compartilhados e até mesmo cabines luxuosas. A viagem dura 14 horas. Se adquiridos antecipadamente, os ingressos têm custo de 44 euros.

View this post on Instagram

WEEKENDTRIP Munich РFlorence РMilano РParis, Drinks at Fusion Bar. During the summer I had the chance to travel alone through Europe with many night trains. At the end of the year I wanted to discover the night train adventure together with friends. We aimed for a long weekend across Europe, without airplane, only by train. We started Thursday evening in Munich with the early NJ295 at 20:10 towards Rome. Six of us in the couchette, sociably with a beer before going to sleep, we drove however only to Florence. In the early morning we could visit the still empty city, walk together over the Ponte Vecchio and admire the cathedral in the light of the rising suns. During the day, one can eat in many small restaurants. Dishes with wild boar and truffles are regional specialities. In the evening we enjoyed cocktails in the cosy reading corner of the Fusion hotel bar. After a restful night and an extensive breakfast in the lovely hotel Residenza La Musa Amarcord we stood in the (much too long) queue of the Ufizi. In the afternoon after our visit to the museum we made our way to Milan. From there at 23:10 the EN220 should bring us to Paris. Four of us in our own compartment, with a lot of fun, drove through the night, past Lago Maggiore, towards France. In the countless caf̩s near the Gare de Lion we quickly find a nice place for breakfast in the morning. Passing the Eifel Tower we walked towards the Louvre, where we stayed the afternoon. Of course, a visit to the Mona Lisa was not to be missed. In the evening we went back to Germany. I can highly recommend to book a couchette (e.g. to Rome) with some of your friends and enjoy a wonderful weekend together. #nighttrain #nightjet #nighttrains #nachtzug #italy #thello #cocktails #europe #florence #milano #paris @unsereoebb @allanticovinaiofirenze

A post shared by nighttrainsandbars (@nighttrainsandbars) on

10 – Lev Tolstoy – Em homenagem a um dos maiores escritores russos, Lev Tolstoi, o trem conecta Helsinque, na Finlândia, com Moscou, a capital russa, em cerca de 15 horas. O transporte percorre mais de 1.000 quilômetros e oferece diferentes possibilidades para dormir, como suítes com banheiros privativos e beliches compartilhados. A viagem na segunda classe tem custo entre US$ 120 e US$ 150.

11 – Intercités de Nuit – O trem noturno liga Paris a Briancon, nos Alpes franceses, e a Toulouse e Latour de Carol, no sul. Esta é a opção ideal para quem deseja desfrutar de paisagens exuberantes pela janela do trem.

12 – Nice Moscow – O trem que atravessa a Europa continental está nos trilhos desde 2010 e conecta Nice com a capital russa, Moscou. O transporte é um dos mais longos da Europa e também faz uma escala em Berlim, Alemanha, Varsóvia e Polônia.

Loading...
Revisa el siguiente artículo