'Cachorro é um filho que aprende de forma diferente', aponta adestrador; veja dicas de cuidado

Por Metro Internacional

Talvez você saiba quem ele é pela televisão. Nascido no México em 1969, César Felipe Millán Favela é conhecido pela série de televisão “O Encantador de Cães”, transmitida em mais de 100 países pelo mundo. Poucos sabem, mas ele também fundou o Dog Psychology Center, focada em reabilitar cães muito agressivos.

Veja também:
Quem tem direito a guarda do pet após o divórcio?
Hospedar cachorro no final do ano pode render até R$ 8 mil

O apresentador de TV e adestrador explica que a calma e o respeito são dois pontos fundamentais para a convivência harmônica entre cães e seres humanos. Confira a entrevista exclusiva que ele concedeu para o Metro Jornal:

Qual é o principal aspecto que precisa ser entendido para adestrar um cachorro?

Não adestro cachorros, treino pessoas. O importante é treinar os humanos para que eles possam dar a direção adequada aos cães. O principal é ter a energia certa. Isso é muito importante, porque o cachorro entende e sabe como fazer as coisas, mas se a energia do humano está errada, os animais irão recebê-la negativamente.

Como você começou no mundo canino?

Muitos anos atrás, eu pensava que se os humanos não estão treinados, como podem adestrar um animal? É como se um professor não conhecesse o assunto da aula. Neste momento, eu propus a abertura de uma escola para humanos onde eles pudessem ser ensinados a entender os cães.

Como manter seu pet calmo em lugares pet-friendly?

Quando você leva seu cachorro pela primeira vez a um lugar, é muito importante lembrar a eles que devem ficar calmos primeiro e brincar depois. Existem jeitos e técnicas para qualquer cachorro – não importa a raça – entender em que tipo de espaço eles estão. Se é um café, uma igreja ou um local com muita gente – se um humano se comporta de forma calma, eles também sem comportarão.

Quando você adota e introduz um novo pet à sua casa, qual é a primeira coisa que deve fazer?

Quando você leva um novo cachorro para sua casa, é muito importante que passeie com ele alguns quilômetros para que chegue cansado. Desse jeito, ele vai associar sua casa a algo calmo. Assim que o cachorro entrar, você pode dizer a ele onde ficará e em quais lugares não pode entrar. Por exemplo, na cozinha ou seu quarto. É muito importante que o cachorro tenha limites, pois isso o torna respeitoso.

Como manter a harmonia entre cachorros e humanos?

A primeira coisa que você deve fazer, mesmo que possa parecer básica, é determinar se você gosta de cachorros para determinar como se comportar. A calma e o respeito de um cachorro são também muito importantes para que as pessoas o vejam como um ser sociável.

O cão precisa formar essa energia para que qualquer lugar possa se tornar pet friendly. Se o cachorro está animado, não será possível alcançar isso e as pessoas pedirão para que ele saia. Quando são filhotes, eles não querem brigar, querem explorar. Você tem que mostrar que ele deve explorar de uma forma tranquila.

O que você acha de “pais” e “mães” de pet?

Concordo que o cachorro seja parte família e que as pessoas digam “este é meu filho”, mas você deve levar em conta que é um filho que aprende de forma completamente diferente e tem outras necessidades. O cachorro aprende por meio do nariz, olhos, ouvidos, e um filho humano aprende com ouvidos, olhos e nariz. O cachorro, por natureza, gosta de seguir, brincar e explorar, e é muito importante que a gente nutra essa parte deles. O ruim é quando as pessoas tratam os cachorros como humanos. Nós devemos ter esse respeito com os cães para que eles tenham esse respeito com a gente.

Top 3 dicas para cuidar do seu pet

1. Energia positiva

“É importante compreender que os cachorros entendem e sabem como fazer as coisas, mas se a sua energia está ruim, então o cachorro vai absorvê-la de uma forma negativa.”

2. Ande com o seu cachorro

Quando você levar um novo cachorro para sua casa, é importante que caminhe alguns quilômetros para que o ele chegue ao novo lar cansado.

3. Ponha limites

O mais importante para integrar um cachorro ao seu lar é definir em que lugares deve ficar dentro de casa. “É muito importante que o cachorro tenha limites, porque isso faz respeitoso”, sugere.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo