Diálogo é o principal responsável por relacionamentos duradouros, indica pesquisa

Por Metro Jornal

Depois de assistir aquele filme romântico com final feliz, ou mesmo observar um casal de velhinhos na rua, é bem comum ter pensamentos como "como eles conseguiram ficar tanto tempo juntos?" ou "o que fazer para que meu namoro/casamento dure tanto tempo assim?"

Embora não haja fórmula para isso, dá para chegar em algumas variáveis recorrentes dos relacionamentos duradouros. Dentre todas as respostas, uma se destaca: é o diálogo entre os parceiros que consegue manter o interesse vivo em uma relação de longo prazo.

Veja também:
Dengue também pode ser transmitida através de relações sexuais
Drinques a base de gim ganham cada vez mais espaço no Brasil

A conclusão veio de uma pesquisa, sem valor científico, realizada pelo Instituto do Casal, organização dedicada a questão de relacionamentos e sexualidade humana. "Por termos, muitas vezes, sido criados em ambientes com muitos tabus, é comum surgir algumas dúvidas quando falamos de intimidade. Por isso, é primordial que o casal converse e esteja aberto a falar, viver e construir a intimidade, que será diferente para cada pessoa e/ou casal", analisa a psicóloga Marina Simas, sócia-diretora da instituição.

Sete a cada 10 pessoas também afirmaram que sempre se sentem íntimos de seus companheiros, ao mesmo tempo em que metade dos entrevistados confirmaram que cumplicidade e admiração um pelo outro também são fatores determinantes na escolha de alguém para a vida.

"A intimidade deve ser trabalhada no dia a dia do casal para que haja um conhecimento um do outro, com acolhimento e transparência", explica a psicóloga Denise Figueiredo, também do Instituto do Casal. "Os casais buscam segurança e estabilidade e algumas vezes não conseguem expressar claramente o que desejam em suas relações", afirma.

A pesquisa foi realizada com 682 pessoas que estão em relacionamentos sérios, sendo 84% mulheres e 16% homens.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo