Direto dos anos 2000: Motorola lança celular 'flip' com tela dobrável

Por Metro Jornal

Para 2020, a aposta da Motorola é retornar aos anos 2000. O mais novo modelo de celular da marca é inspirado no design icônico dos "flip phones", aparelhos com divisão entre tela e teclado, que poderiam ser dobrados quando não utilizados. Ele evoca, principalmente, o Motorola V3, que fez sucesso nos anos 00.

Motorola V3 Divulgação

O Motorola Razr é uma reinvenção contemporânea do modelo, com tela dobrável, similar ao Galaxy Fold – que acabou apresentando diversos problemas em sua versão inicial. A diferença é na orientação da dobra: horizontal no Razr, vertical no análogo da Samsung.

A ideia do lançamento é conciliar a tela ampla de um smartphone com a praticidade de celulares menores, mais antigos. A dobra permitiria aproveitar toda a dimensão do display para jogos, séries ou mesmo para navegar na internet, mas também encaixar o aparelho em qualquer bolso.

O preço sugerido para os Estados Unidos é de US$ 1499,99, aproximadamente R$ 6,5 mil. O lançamento no Brasil, no entanto, está previsto apenas para 2020.

Confira a ficha técnica do novo Motorola Razr:

  • Tela interna: 6,2 polegadas pOLED HD (2142 x 876 pixels)
  • Tela externa: 2,7 polegadas gOLED Super VGA (800 x 600 pixels)
  • Processador: Snapdragon 710
  • Sistema: Android 9 (Pie)
  • Memória RAM: 6 GB
  • Armazenamento: 128 GB
  • Bateria: 2.510 mAh
  • Carregador: TurboPower 15W
  • Câmera interna: 5 megapixels e f/2.0
  • Câmera externa: 16 megapixels e f/1.7
  • Conectividade: Wi-Fi, 2,4 e 5 GHz, Bluetooth 5.0, GPS, AGPS, LTEPP, SUPL, GLONASS
  • Sensores: biometria, acelerômetro, bússola, giroscópio, proximidade e luz ambiente
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo