Novo caso de exposição de informações pessoais afeta mais de 2 milhões de colombianos

Por Wellington Botelho

Um novo caso de exposição de informações pessoais afeta mais de 2 milhões de colombianos. Os dados foram divulgadas pelo portal especializado ESET.

O caso veio à tona logo depois que a notícia sobre a enorme quantidade de dados expostos por uma empresa no Equador como consequência de um banco de dados mal configurado.

No segundo caso, após algumas verificações, foi confirmado que se tratava de uma instância do servidor ElasticSearch mal configurada que estava deixando exposta informações de mais de 2,4 milhões de usuários colombianos na Internet, sem a necessidade de autenticação.

Parte dessa informação consistia em nomes, endereços de e-mails, números de telefones e números de documentos de identidade.

Como revelado pela ESET, este incidente deixa claro, mais uma vez, que as empresas ainda não estão dando a devida importância para a segurança dos dados desde a concepção de seus projetos. Uma tecnologia será tão segura quanto o tempo necessário para torná-la segura.

Os casos recentes de instâncias do servidor ElasticSearch em empresas de países da América Latina devem servir como um alerta para todas as empresas que utilizam essa tecnologia para verificar o status de segurança de suas implementações.

Com informações da ESET

LEIA TAMBÉM:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo