Homem com pênis 'rachado' conseguiu recuperar todas as funções sexuais depois de ser tratado com mel de abelhas

Por Rodrigo Almeida

Problemas genitais geralmente são pouco endereçados pela maioria dos homens e o que mais se tem notícia são de casos extremos e até incomuns.

Segundo o relatório do Jornal de Casos Internacionais de Cirurgia, o referido caso ocorreu na Nova Zelândia e envolve um paciente que apresentava diversos tumores na cabeça, corpo e base do pênis.

Tumores estes benignos que, apesar de tudo, causaram o ressecamento da pele e contribuíram para uma condição chamada denudação peniana, na qual a pele racha e o órgão fica exposto.

Depois ser diagnosticado e de os médicos notarem que o homem era circuncidado, iniciaram-se as cirurgias para retirada dos tumores e reconstrução da pele que envolve o pênis com o uso de enxertos.

Segundo reporta o portal estrangeiro The Sun, a equipe médica não teve sucesso em reconstruir a pele cirurgicamente e, em uma tentativa desesperada, utilizou-se o mel de Manuka, conhecido por propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias.

Este mel específico é produzido por abelhas que utilizam pólen da árvore de mesmo nome. Ele é comum em partes da Austrália e na Nova Zelândia.

Depois de duas semanas da aplicação do mel, as feridas passaram a cicatrizar de forma satisfatória e, aí sim, a reconstrução do tecido pode ser feita com sucesso.

De acordo com a equipe médica, 52 dias depois o homem conseguiu recuperar todas as funções sexuais. Eles ainda acreditam que o mel se mostra uma medida simples, barata e extremamente efetiva para reconstruções da região genital.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo