Uma nova espécie de enguia elétrica pode descarregar o choque mais poderoso já medido em animais vivos

Por Rodrigo Almeida

Uma pesquisa publicada nesta terça-feira, 10, na revista Nature Communications vai contra a crença de que as enguias elétricas pertenciam todas a uma mesma espécie, a Electrophorus Electricus.

De acordo com a revista National Geographic, esta espécie contém órgãos elétricos com mais de 6 mil células especializadas que funcionam como pequenas baterias e armazenam corrente elétrica. Quando ameaçadas ou em modo caçada, todas as células descarregam um choque de até 650 volts.

Isso era o que se pensava, até que o atual estudo mapeou mais de 100 enguias elétricas da bacia Amazônica para concluir que, na verdade, elas são divididas em três espécies, e a mais perigosa pode descarregar cerca de 860 volts de potência.

Segundo o sítio da revista Science, esta descarga elétrica é quase 4 vezes maior que enfiar um garfo em uma tomada doméstica e chega perto à corrente gerada pelos tasers policias, que descarrega aproximadamente 1200 volts.

O estudo mapeou ainda os locais que cada uma das espécies vive e ainda afirma que, à primeira vista, elas são quase todas iguais, por isso que até hoje não havia sido feita nenhuma distinção.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo