Seu guerreiro interno precisa ser despertado

Técnica é inspirada em artes marciais, meditação e Yoga e busca transformar nosso comportamento por meio de exercícios corporais simples

Por Fernando Belatto

Todos nós temos um guerreiro dentro de nós. O Despertar do Guerreiro Interno (O-DGI) é o nome que escolhi dar para o nosso estado de atenção plena, às vezes chamado também de “observador”. Todo o trabalho do O-DGI consiste em acordarmos e fortalecermos nosso estado de presença. Isso porque acreditamos que quando estamos nesse estado conseguimos agir no mundo de forma mais consciente, o que gera relações mais verdadeiras, harmoniosas e mais duradouras.

Desde criança sou amante das arte marciais – e filmes de Bruce Lee e Van Damme me interessavam bastante. As partes que mais mexiam comigo nos filmes eram os momentos que esses lutadores meditavam. Isso me passava confiança e força interior que fazia muito sentido para mim.

Assim, fui buscar a arte marcial. Com 15 anos já treinava Jiu-Jitsu e nessa época comecei a competir. Fui competidor até os meus 23 anos, quando uma grande depressão tomou conta de minha vida. Tomei remédios ansiolíticos, mas queria respostas mais profundas sobre o que se passava comigo. Mergulhei no autoconhecimento e comecei a unir a arte marcial e a meditação. Isso possibilitou meu início no caminho do O-DGI. Isso despertou o meu guerreiro interno.

A hora de despertar o Guerreiro Interno

Acreditamos que quanto mais alinhados estivermos com as virtudes da alma, mais fácil de o estado de presença se manifestar, pois o nosso passado estará mais resolvido, e, sendo assim, conseguiremos viver o aqui e o agora. Você já parou para refletir que não conseguimos viver o presente porque temos dentro de nós um passado que ainda não foi integrado? E que por conta disso somos tragados da presença e começamos a viver nas histórias da mente?

São sete as virtudes que consideramos imprescindíveis para o despertar, e criamos um caminho de desenvolvimento com elas, que é trilhado por meio de nossas práticas inspiradas na meditação, nas artes marciais e no Yoga.

As sete virtudes para O Despertar do Guerreiro Interno

  1. Ancestralidade
  2. Integridade
  3. Coragem
  4. Honra
  5. Fluidez
  6. Intuição
  7. Espiritualidade

O caminho é irmos da honra até a ancestralidade, a abertura e a conexão da espiritualidade. No O-DGI sempre relacionamos as histórias do universo pessoal com o nosso corpo físico, como, por exemplo, a de nosso pé, que simboliza a nossa ancestralidade. Então procuramos trabalhar a ancestralidade por meio de exercícios de base, que fortalecem a nossa ligação com o solo. A partir desse treinamento vamos despertando a consciência de nossas raízes e sabendo utilizar isso de maneira prática em nosso dia a dia.

É incrível perceber a mudança comportamental dos alunos a partir de simples exercícios corporais. Essas mudanças significativas transformam a qualidade de nossos relacionamentos, o que consequentemente melhora a qualidade de nossas vidas. Isso ocorre porque vamos sentindo nossos caminhos mais abertos e prósperos.

Vamos juntos?

Namastê e reverências guerreiras.

+ Tudo que você quer saber sobre signos: características, elementos e mais.

+ Veja as previsões do tarot para você em setembro.

+ Leia o seu Horóscopo do dia personalizado com base em todo o seu Mapa Astral.

Quer saber mais sobre signos? Aprenda Astrologia gratuitamente. Saiba Mais.

 

Fernando Belatto

Criador do caminho do O-DGI, unindo os princípios da arte marcial com o autoconhecimento, para ajudar pessoas e empresas a conquistarem o seu melhor potencial.

[email protected]

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo