Especialista lista as 4 melhores formas de aumentar a autoestima

Por Rodrigo Almeida

O especialista David Braucher, autor do site DavidBraucher.com e colaborador do sítio Psychology Today elencou quatro formas para as pessoas se sentiram melhores com elas mesmas. A lista abaixo são exercícios que ajudam pouco a pouco a (re)construir a autoestima.

Honre seus sentimentos

Dê a devida atenção aos sentimentos à medida que eles surjam. O sítio indica que as pessoas devem direcionar esforços a eles, seja escrevendo em um diário, conversando comum terapeuta ou uma pessoa próxima.

Isso não quer dizer que devemos agir de acordo com eles. “os sentimentos informam as ações, não as guiam”, diz a publicação.

Tome controle da sua vida

Quando baseamos a autoestima a emoções positivas, estamos sujeitando-a a variações emocionais espontâneas, sobre as quais não temos controle algum.

Decidir basear a autoestima na aceitação dos sentimentos sem julga-los é algo que podemos treinar a fazer e nos acostumar. Claro que podemos não ser bem-sucedidos desde o princípio, mas avaliar os esforços é um bom exercício.

Trace objetivos realistas

Todos os seres humanos aspiram a algo. Obviamente, aspirar muitas coisas além do alcance pode ser um golpe muito forte à autoestima. O especialista explica que o certo é não dar passos muito grandes de uma vez.

“Estabeleça objetivos de curto-prazo, simples de alcançar”.

“Se estamos esperando honrar as nossas emoções (um objetivo bem grande), o certo é quebra-lo em partes mais digeríveis. Exemplo: se invejamos um colega por ter um novo emprego, devemos etiqueta-lo e saber que é ok, e não deixar que ele não nos consuma”.

A autoestima não é dos outros

Ela não deve depender do que os outros pensam de nós, muito menos da forma como somos tratados por outras pessoas. Elogios nos põem pra cima e mensagens ruins para baixo, isso é normal, o que devemos ter cuidado é nos avaliarmos de acordo com o que nos dizem.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo